quinta-feira, 16 de junho de 2011

Os canais de comunicação científica


A comunicação científica é fundamental para o avanço da ciência. Não há sentido na produção de conhecimento científico se não ocorre a sua difusão. É a partir desta difusão que é possível gerar novos conhecimentos, produzir ou completar as pesquisas em andamento e principalmente aplicar este conhecimento em benefício e desenvolvimento da sociedade. Para a disseminação do conhecimento a comunicação conta com os canais informais, formais, semi-formais supra-formais conforme destaca Araújo (1998, p. 29-31) citado por Costa (2008)

a) canais informais: são aqueles caracterizados “por contatos realizados entre os sujeitos emissores e receptores de informação”, configurando-se em contatos interpessoais. Exemplos: reuniões, trocas de correspondências institucionais/técnicas/científicas, visitas técnicas, etc.
b) canais formais: são aqueles que “veiculam informações já estabelecidas ou comprovadas através de estudos”. Exemplos: documentos institucionais/ técnicos/ científicos, livros, periódicos científicos, obras de referência, etc.
c) canais semi-formais: configuram-se pelo uso simultâneo dos canais formais e informais. Exemplos: eventos acadêmicos, eventos técnico-científicos e profissionais, desenvolvimento de pesquisas científicas, etc. (utilizando ao mesmo tempo textos, conversa face a face, palestras, mesas-redondas, exposição de trabalhos, livros, periódicos, dentre outros).
d) canais supra-formais: configuram-se nos mais atuais canais de comunicação, os canais de comunicação eletrônica, ou seja, canais plurais de comunicação científica através do uso das tecnologias da informação e comunicação TIC’s. Exemplos: documentos eletrônicos, livros eletrônicos, periódicos eletrônicos, a própria internet, sites especializados de busca, documentos wiki construídos de maneira livre e compartilhada via internet, bases de dados, bibliotecas digitais, portais de informação científica, trocas de e-mails institucionais/técnicos/científicos, etc.

Referência
COSTA, Luciana Ferreira da. 2008. Usabilidade do Portal de periódicos da capes.  238fls. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação). Universidade Federal da Paraíba, Centro de Ciências Sociais Aplicadas, João Pessoa.
((•)) Ouça este post

5 comentários:

  1. Muito bom, o conteúdo me serviu muito para uma aula de Fontes Especializadas de Informações. Surpresa maior foi quando olhei a referência, e vi que é da professora Luciana Costa, minha professora de MTC e Fundamentos da Biblioteconomia. Só resta agora pesquisar o canal Intermédiario.

    Adriano Albino
    Graduando de Biblioteconomia 4º Periodo / UFPB

    ResponderExcluir
  2. Que bom que o blog te ajudou Adriano! Volte sempre.

    Célia

    ResponderExcluir
  3. Ei Célia...saudades! Esse resumo sobre Os canais de comunicação científica,me ajudou mto para estudar para prova de fontes! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ei Karla, tudo bem?
    Que bom receber notícias suas. um abraço
    Célia

    ResponderExcluir
  5. Ola, gostaria de saber se os canais de comunicação tem o mesmo coneito de fontes de comunicação.
    Obrigada

    ResponderExcluir