terça-feira, 1 de março de 2011

Serviço de Referência (André)

Compilação feita entre definições de slides confeccionados pela graduanda Kellyn Vieira do centro de ciências da educação, departamento de ciência da informação da Universidade Federal de Santa Catarina, outro artigo disponível no site: snbu.bvs.br/snbu2000/docs/pt/doc/t089.doc e algumas definições disponíveis (ou não mais) no seguinte site: www.ufg.br/this2/.../74/avalia__o_do_servi_o_de_refer_ncia.pdf


Buscamos esclarecer objetivamente as perguntas propostas:

O que é o serviço de referência: Serviço de Referência - Serviço ou departamento ao qual cabe a tarefa de orientar o leitor no uso de uma biblioteca, arquivo ou serviço de documentação e no aproveitamento dos recursos que podem ser proporcionados pelo acervo existente no próprio local. Dessa orientação faz parte o fornecimento de informações sobre a documentação à disposição, condições de consulta, instrumentos de pesquisa, condições de obtenção de reproduções, etc.


Seus objetivos: Como uma arte humana, outra grande contribuição proporcionada pelo serviço de referência é ministrar assistência de maneira individualizada. É fundamental à biblioteconomia o conceito de prestação de serviços que se coadume, cuidadosa e especificamente, com as necessidades do individuo.
O que confere ao serviço de referência status ímpar , em comparação, por exemplo, com a catalogação, o desenvolvimento de coleções ou a administração da biblioteca, é, em primeiro lugar, sua característica de envolver uma relação face a face, que o torna o mais humano dos serviços de biblioteca; e, em segundo lugar, a certeza antecipada de que o esforço despendido provavelmente não se desmanchará no ar, mas será aplicado à necessidade específica expressada por um usuário.

Processo de referência: Metodologicamente, o processo de pesquisa é iniciado por uma questão instigadora, que fomenta a iniciativa do aluno na busca de informações e materiais nas mais diferenciadas fontes para um posterior momento de trabalho conjunto na sala de aula, no qual todos são atores, colaborando para um objetivo compartilhado. É um momento de realizar interpretações próprias, iniciando a elaboração: ler é compreender e interpretar com alguma autonomia. Interpretar significa uma pretensão de interpor no processo transmissivo um sujeito que se recusa a ser mero instrumento de passagem, o que passa por ele tem tom próprio, tem marca pessoal. A conduta passiva de copiar ou reproduzir textos é superada por uma conduta crítica e elaborada, cuja importância está na formação da capacidade de formulação e elaboração próprias.

Perfil do bibliotecário: O atendimento aos estudantes é realizado pelos bibliotecários de referência, profissionais que possuem a função de informar, orientar e estimular o uso da informação, na qualidade de um “professor informal”, é muito importante que o bibliotecário de referência seja capaz de entender a questão solicitada, interpretá-la no contexto correto e realizar as operações mentais que o levem às fontes certas para encontrar a informação.


Quanto às dificuldades encontradas em pesquisar sobre, não as tivemos, ao passo que pesquisamos única e exclusivamente na internet e não encontramos intransponíveis obstáculos, exceto o fato de reunir apenas o material necessário em uma única postagem. O processo foi muito intuitivo e esclarecedor.

Grupo: André, Gisele e Laís Helena

((•)) Ouça este post

7 comentários:

  1. Pessoal
    obrigada pela postagem do material s/Serviço de Referência. Espero que a experiência da pesquisa e da postagem tenha sido boa p/ vocês. Aliás vamos começar a discussão sobre a fala do grupo em relação às dificuldades em "...reunir apenas o material necessário em uma única postagem". Porque isto foi difícil?
    Em relação ao material sugiro que vocês acessem sempre um texto, pois slides de powerpoint trazem apenas partes que foram recortadas por alguém s/um conteúdo. O texto vai ajudar vocês no entendimento global do assunto em questão, combinado? Valeu!!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da maneira como vocês dividiram os tópicos e da utilização de uma linguagem de simples entendimento. Gostaria de saber como o processo de referência poderia instigar uma atitude ativa nos usúarios?

    ResponderExcluir
  3. O processo de referência pode contribuir com o usuário por facilitar sua pesquisa, ao passo que ele demoraria um tempo desnecessário para encontrar um material que fosse bem aproveitável, esse tempo pode ser diminuído relativamente com a ajuda do bibliotecário de referência o que pode instigar o usuário a pesquisar mais, por encontrar facilidade de acesso ao material.

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Para vocês quais são os requisitos mais importantes para um bibliotecário de referência?

    Luana e Thamara

    ResponderExcluir
  6. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  7. Nossa opinião quanto aos requisitos de um bibliotecário de referência é de que antes de qualquer formação acadêmica, deve prezar pela boa educação, pois um profissional que lida diretamente com o público deve ser o máximo educado e paciente possível. Quanto à formação acadêmica, não se espera que o bibliotecário entenda de todo e qualquer assunto, pois isso não é viável, mas espera-se que ao menos ele saiba onde encontrar as informações que possam suprir às questões de referência do usuário.
    Duas qualidades simples, porém essenciais.

    ResponderExcluir